Projeto Espírita - Vídeos, Downloads Livros: Doutrina Espírita, Assuntos Espíritas, Bíblia on-line, Livro dos Espíritos, o Evangelho Segundo o Espiritimo, Livro dos Médiuns, A Gênese, Céu e Inferno, Mediunidade com Jesus, Palestras Espíritas

 

Resumo, em poucas palavras, dos pontos mais importantes da Doutrina Espírita que eles (os espíritos superiores), nos transmitiram:

“Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.”

“Criou o Universo, que abrange todos os seres animados, e inanimados, materiais e imateriais.”



Vídeos Sugeridos

Divaldo Franco  (55)

A Mediunidade Espírita

Divaldo Franco  (86)

Nosso Lar e o Mundo Espiritual

Divaldo Franco  (76)

Conceito da gratidão, saúde, mágoa, auto destruição

André Luiz Peixinho  (86)

Para viver em Deus

Walter Perri Cefaly   (247)

Palestra Mundo Espiritual e Corpo Espiritual

Ensinos de Jesus  (50)

A Unidade da Fé

Maristela Santos  (80)

Suicídio: Estudando para melhor compreender e prevenir

Maristela Santos  (74)

Conhecimento da Lei Natural. A Consciência.



Sugestão de Leitura

Espíritos e Médiuns - León Denis

Nesta obra – uma valiosa contribuição de Léon Denis para aclarar o trato do Espiritismo experimental – temos muito que aproveitar, reconhecendo em seu autor um homem habituado a lidar com médiuns e espíritos.

De uma leitura atenta, podemos extrair inúmeras lições, que nos ajudarão a compreender facetas das comunicações mediúnicas, e que só o tempo poderia nos dar.

Todos os capítulos são importantes, mas quem desejar compreender melhor o que se passa nos momentos da prática mediúnica, muito terá a aprender com a leitura do Capítulo IV, Prática da Mediunidade. Nele encontram-se narrados, de maneira simples e objetiva, vários procederes que, se forem observados, muito ajudarão a médiuns e diretores de grupos e de centros espíritas no exercício da prática mediúnica.

A recomendação do uso da oração e do recolhimento, antes do início das reuniões; a impregnação fluídica, que deve acontecer antes de todas as sessões; as dificuldades que surgem pela existência de pensamentos divergentes, que formam correntes fluídicas desencontradas; a análise dos dois maiores obstáculos que o médium tem a vencer: o espírito de lucro e o orgulho; os resultados que uma segura atitude moral proporciona; a absorção dos fluidos dos mundos superiores, e também os esforços que os médiuns devem empregar, continuadamente, para merecerem a assistência dos bons espíritos, ali estão descritos e analisados de maneira prática e objetiva.

No Capítulo V, Léon Denis, com a clareza que lhe é peculiar, faz uma análise minuciosa da mediunidade, mostrando-nos que ela é a “reveladora das potências da alma”.

O autor ainda nos fala, com detalhes, do fenômeno da incorporação, contando, inclusive, casos ocorridos com ele próprio. Dos escritores espíritas considerados “clássicos”, Léon Denis talvez seja o único que se detém sobre este tipo de mediunidade.

Quanto ao Capítulo III, será interessante que o leitor faça uma leitura do capítulo 22 de No Invisível, também de autoria de Denis, para estabelecer uma comparação entre os dois.

Finalizando, transcrevemos a opinião de Gaston Luce sobre a presente obra, expressa em seu livro Vida e Obra de Léon Denis, à página 180:

“No mesmo ano, foi publicado o opúsculo de propaganda Espíritos e Médiuns, com 70 páginas; esse trabalho, assim como O Além e a Sobrevivência do Ser, é uma contribuição ao Espiritualismo Experimental, enriquecida de novas observações e de conselhos relativos à mediunidade”.

Altivo Carissimi Pamphiro